19 de abr de 2010

50 dicas de cabelo - Secadores e Chapinhas


31. Como os cabelos crespos embaraçam com facilidade, antes de começar a chapinha divida a raiz dos cabelos em quatro partes iguais, formando triângulos. Depois, é só pentear.

32. Para dar um aspecto mais natural, as donas de madeixas longas e lisas devem fazer a chapinhas da seguinte maneira: no topo da cabeça, passe a chapinha com as mechas para cima, no sentido do nascimento dos fios. A raiz não fica artificial.

33. Quem tem cabelos curtos e lisos, deve passar a chapinha no comprimento e, quando chegar nas pontas, dar leves viradinhas. Como as pontas não terminam no mesmo ponto, alisá-las direto dá aparência ressecada.

34. Quem tem cabelos lisos, mas ondulados nas pontas, para dar um caimento mais natural, deve separar as mechas em linhas diagonais na raiz ao fazer a chapinha. Use uma chapinha mais larga, já que a raiz é lisa e não precisa de muita aproximação do calor.

35. Quem tem cabelos longos e cacheados, com os fios ainda úmidos, pode fazer uma pré-escova. Isso facilita o alisamento. A chapinha ideal para os fios longos e cacheados é a de cerâmica fininha, com íons. Os cabelos têm carga negativa, os íons são positivos e fecham as cutículas dos fios. Isso dificulta a entrada de umidade e aumenta o brilho.

36. Faça uma escova de salão! Depois do xampu e condicionador, jogue um jato de água fria. Passe um leave-in termoativado no comprimento. Separe os cabelos em mechas e vá secando com o bocal centralizador do secador junto à escova. Dê uma distância de uns 2 centímetros, para não queimar os fios. Por fim, passe um jato de ar frio nos cabelos. - Dica de Tiago Parente, cabeleireiro

37. As donas de cabelos quase lisos muitas vezes sofrem com os fios rebeldes (rebeldia, às vezes, causada pelas tinturas, especialmente as clareadoras, ou pelo uso constante de chapinha e secador, que acabam danificando a estrutura dos fios e modificam a sua forma). Aí, hidratação é fundamental. Produtos de efeito alisador, com moléculas que dão mais peso aos fios, ajudam a manter o cabelo bem retinho.

38. Os secadores com íons fazem efeito. Se as cutículas dos cabelos estão fechadas, eles têm aparência de liso. Se estiverem abertas, ele enrola. As cutículas abrem quando os íons estão negativos e fecham quando estão positivos. É só aprender a usar o secador para conseguir o efeito desejado. - Dica de Tiago Parente, cabeleireiro

39. A chapinha ideal para os cabelos crespos é feita assim: divida os cabelos em mechas finas e passe uma chapinha fina com íons. Essas pranchas têm concentração maior de calor e alcançam mais a raiz. Evite apertar a chapinha no mesmo lugar por mais de três segundos. Ultrapassar esse tempo pode deixar os fios quebradiços.

40. A melhor chapinha para os cabelos longos e lisos são as de cerâmica larga. Elas têm menor concentração de calor e danificam menos os fios lisos, que são mais sensíveis. Cabelos lisos já não têm muito volume. Então passe um reparador não oleoso depois da chapinha, para não deixar os fios pesados.

41. Quem tem as pontas onduladas, deve evitar dividir os cabelos ao meio ou de lado antes da chapinha. Esses tipos de fios não têm volume na raiz e, se a prancha for passada dessa forma, podem ficar com aquele jeito de “a vaca lambeu”. “Não aproxime muito a chapinha da raiz, pois o cabelo quente, ao cair no couro cabeludo, faz com que a produção de sebo seja estimulada. Até porque, a raiz dele já é lisa!”, alerta Rodrigo Cintra, do Studio W.

Um comentário:

Juliana Souza Pereira disse...

Os artigos para saber qual a melhor chapinha para nossos cabelos são interessante, pois evita de sair comprando qualquer chapinha sem saber qual a ideal para nossos cabelos, gosto de pesquisar antes de tomar qualquer atitude. http://dicaparacabelos.blogspot.com.br/2012/12/qual-melhor-chapinha-para-cabelos.html